<$BlogRSDUrl$>
Lição No.1 - Gestão do Conhecimento

Um homem está entrando no chuveiro enquanto sua mulher acaba de sair dele e está se enxugando. A campainha da porta toca. Depois de alguns segundos de discussão para ver quem iria atender a porta a mulher desiste se enrola na toalha e desce as escadas. Quando ela abre a porta, vê o vizinho Bob em pé na soleira.
Antes que ela possa dizer qualquer coisa, Bob diz: "Eu lhe dou 800 dólares se você deixar cair esta toalha."
Depois de pensar por alguns segundos, a mulher deixa a toalha cair e fica nua. Bob então entrega a ela os 800 dólares prometidos e vai embora.
Confusa, mas excitada com sua sorte, a mulher se enrola de novo na toalha e volta para o quarto. Quando ela entra no quarto, o marido grita do chuveiro "Quem era?" "Era o Bob, o vizinho da casa ao lado." - diz ela. "Ótimo! Ele lhe deu os 800 dólares que ele estava me devendo?"

Moral da história:
Se você compartilha informações a tempo você pode prevenir exposições desnecessárias!!!


Lição No.2 - Chefia e Liderança

Dois funcionários e o gerente de uma empresa saem para almoçar e na rua encontram uma antiga lâmpada a óleo. Eles esfregam a lâmpada e de dentro dela sai um gênio.
O gênio diz: "Eu só posso conceder três desejos, então, concederei um a cada um de vocês".
"Eu primeiro, eu primeiro." grita um dos funcionários. "Eu quero estar nas Bahamas dirigindo um barco, sem ter nenhuma preocupação na vida!" Puf! e ele se foi.
O outro funcionário se apressa a fazer o seu pedido:" Eu quero estar no Havaí, com o amor da minha vida e um provimento interminável de pinas coladas!" Puf e ele se foi.
"Agora você" diz o gênio para o gerente. "Eu quero aqueles dois de volta ao escritório logo depois do almoço." - diz o gerente.

Moral da História:Deixe sempre o seu chefe falar primeiro.



Lição Nº 3 - Zona de Conforto

Um corvo está sentado numa árvore o dia inteiro sem fazer nada. Um pequeno coelho vê o corvo e pergunta: "Eu posso sentar como você e não fazer nada o dia inteiro?" O corvo responde: "Claro, porque não?" O coelho senta no chão embaixo da árvore e relaxa. De repente uma raposa aparece e come o coelho.

Moral da História:
Para ficar sentado sem fazer nada, você deve estar sentado bem no alto.



Lição Nº 4 - Motivação

Na África todas as manhãs uma gazela acordava sabendo que ela deveria conseguir correr mais do que o leão se quisesse se manter viva. Todas as manhãs o leão acordava sabendo que deveria correr mais do que a gazela se não quisesse morrer de fome.

Moral da História:
Não faz diferença se você é gazela ou leão, quando o sol nascer você deve começar a correr.



Lição Nº 5 - Criatividade

Um fazendeiro resolve colher algumas frutas em sua propriedade, pega um balde vazio e segue rumo às árvores frutíferas. No caminho ao passar por uma lagoa, ouve vozes femininas que provavelmente invadiram suas terras.
Ao se aproximar lentamente, observa várias garotas nuas se banhando na lagoa, quando elas percebem a sua presença, nadam até a parte mais profunda da lagoa e gritam: nós não vamos sair daqui enquanto você não deixar de nos espiar e for embora.
O fazendeiro responde: eu não vim aqui para espiar vocês, eu só vim alimentar os jacarés!

Moral da História:
A criatividade é o que faz a diferença na hora de atingirmos nossos objetivos.

...quem nada diz muda em nada tudo aquilo que eu pensei fazer...

O Preço do Petróleo 


...quem nada diz muda em nada tudo aquilo que eu pensei fazer...

...quem nada diz muda em nada tudo aquilo que eu pensei fazer...

À procura da... 


...quem nada diz muda em nada tudo aquilo que eu pensei fazer...

Pérolas Verdes 

Lá estarei para aplaudir esta e outras coisas...

...quem nada diz muda em nada tudo aquilo que eu pensei fazer...

O Hino dos meus Filhos 

Gloria al bravo pueblo
que el yugo lanzóla ley
respetando la virtud y honor.

¡Abajo cadenas!
gritaba el Señor
y el pobre en su choza
libertad pidió

A este santo nombre
tembló de pavorel vil egoísmo
que otra vez triunfó.

Gritemos con brío:
¡Muera la opresión!
Compatriotas fieles,
la fuerza es la unión;
y desde el Empíreo
el Supremo Autor,
un sublime aliento
al pueblo infundió.

Unida con lazos
que el cielo formó
la América toda
existe en nación.
Y si el despotismo
levanta la voz
seguid el ejemplo
que Caracas dio.

...quem nada diz muda em nada tudo aquilo que eu pensei fazer...

Como surgiram as Tanga Girls... 

As cannabis girls, muito populares em todo o mundo deram início a um dos movimentos femininos mais apreciados pelos homens. As Tanga Girls





Esta evolução(Darwin deve estar maravilhado...)assinou uma qualidade de vida,até um modo de vida superior.No meio de tanta luxúria que me invade o pensamento, as gajas tanga todos os dias misturam pensamentos e sangue,tudo junto na mesma corrente da fé na espécie.Por outro lado (e não é um trocadilho com o rabo), temos a beleza feminina exponenciada e vista de outro ângulo, tornando-nos ainda mais reféns da nossa líbido, o que para mim é importante já que eu sempre me apaixonei por caras ligando pouco(sem exagerar) ao apendice..."Nada se perde tudo se tranforma".E com os pózinhos mágicos de Lavoisier as cannabis girls transformaram-se e saíram a ganhar todos os sentidos...

embora o meu movimento preferido continue a ser o das ancas...fica o tributo às cannabis girls por um mundo melhor...

...quem nada diz muda em nada tudo aquilo que eu pensei fazer...

Estamos de Volta 

Estamos de volta de bom humor
a ultima fatia na mente
e mente, seja qual o motivo
mantém-no vivo...

Estamos de volta...

...quem nada diz muda em nada tudo aquilo que eu pensei fazer...

Tempo de Nascer 

Eu sei, eu quis demais
E o sonho nada tras
Sonhar seduz a paz

Eu sei eu vi em meu crescer
Que eu vou sempre dar a mim
Imploro a luz e sigo sempre a sombra
Imploro a morte e volto a luz

Alguem pensou em mim a boca da varanda
Eu nao senti que houvesse alguma razao para amar
Imploro a queda como quem nao quer saber

É tempo de nascer devagar
Nao quero ver o fim chegar sem eu nascer
Devagar
eu nao quero ver o fim sem eu nascer

Quando eu sonho eu levo a minha forca até ao fim
E quando o sonho acaba cego eu olho fundo para mim
Nao vejo nada alem da tao real ausencia de outra luz
E so por ela volto a minha cruz, a minha cruz

Eu vi meu pai nascer na mesma cama de outros homens
E hoje eu sei, eu aprendi
Ja nada importa agora a luz que eu trago de onde vim
Se ha luz la fora eu quero que haja luz em mim

E tempo de nascer devagar
nao quero ver o fim chegar sem eu nascer
Devagar
eu nao quero ver o fim sem eu nascer

Vem ver quem vi nascer
É filho de outra guerra
No trilho de outra paz

Alguem entrou em mim
Entrego a minha espada
Eu nao senti que houvesse alguma razao para amar
Implora a queda como quem nao quer saber

É tempo de nascer devagar
Nao quero ver o fim chegar sem eu nascer
Devagar
Eu nao quero ver o fim sem eu nascer

Nascer devagar

...quem nada diz muda em nada tudo aquilo que eu pensei fazer...

Depeche Mode - Enjoy the Silence 

Depois de Supernada e Massive Attack prepara-se agora a viagem a Depeche Mode... Meireles, ficas?

Words like violence
Break the silence
Come crashing in
Into my little world
Painful to me
Pierce right through me
Can´t you understand
Oh my little girl

All i ever wanted
All i ever needed
Is here in my arms
Words are very unnecessary
They can only do harm

Vows are spoken
To be broken
Feelings are intense
Words are trivial
Pleasures remain
So does the pain
Words are meaningless
And forgettable

All i ever wanted
All i ever needed
Is here in my arms...

...quem nada diz muda em nada tudo aquilo que eu pensei fazer...

Águas Passadas Não Movem Moinhos
on-line

Edita aqui que eu deixo...

Google